23 Ago

Soluções para auxiliar supermercados a reduzirem perdas são apresentadas pela Prosegur na Expoagas

Expoagas_300_X_225

23/08/2016

O Caixa Fácil Mini e o CataMoeda Prosegur, solução para colocar de volta em circulação as moedas, são os destaques da companhia na principal feira do setor na região Sul

A maior feira do setor supermercadista da região Sul do Brasil, a Expoagas promovida pela Associação Gaúcha de Supermercados, terá pelo 5º ano consecutivo a presença da Prosegur, empresa líder de segurança privada no Brasil e única do setor presente em todo território nacional. No evento que acontece de 23 a 25 de agosto, em Porto Alegre a companhia apresentará produtos voltados para reduzir as perdas no setor varejista.

 

O novo modelo do Caixa Fácil Prosegur Mini é a novidade da companhia no evento. Lançado em maio, essa versão do cofre foi desenvolvida em parceria com a empresa de tecnologia catarinense Catamoeda para atender a uma grande demanda do varejo por soluções mais compactas e que ofereçam a mesma segurança, com custo menor.

 

A solução Mini é perfeita para pequenos e médios estabelecimentos, pois permite guardar o dinheiro em segurança em um espaço menor e com todas as funcionalidades dos demais modelos oferecidos pela companhia, como transferência e transporte de valores, auxílio na prevenção de perdas e consultas na plataforma web. O equipamento tem capacidade de armazenamento de até três mil cédulas e a possibilidade da instalação no próprio check-out das grandes redes varejistas, permitindo o fechamento individual de cada caixa.

 

O diretor-geral de Logística de Valores da Prosegur, Alessandro Abrahão, afirma que a novidade é moderna, inteligente, confiável e de baixo custo. “Trata-se de um produto inédito no Brasil e com comercialização exclusiva pela Prosegur, que certamente auxiliará muito os varejistas na gestão mais eficiente e segura do numerário”, completa o executivo.

 

O Caixa Fácil Prosegur Mini também está equipado com uma contadora de notas capaz de identificar cédulas supostamente falsas e/ou danificadas e a possibilidade de que cada depósito seja identificado com uma senha individual para cada funcionário autorizado do estabelecimento. Além disso, o produto conta com uma boca de lobo para depósitos realizados com envelopes nos casos de contingência e dispõe de software que fornece informações em tempo real das transações financeiras via plataforma web da Prosegur. “O produto é resultado da evolução da parceria com a Prosegur. O projeto todo foi desenvolvido em seis meses e nasce com diversas inovações e duas patentes depositadas”, comenta Victor Levy, CEO da Catamoeda.

A empresa também demonstrará durante o evento outro modelo do Caixa Fácil Prosegur, que oferece vantagens diferenciadas por meio de um cofre mais robusto, que permite receber altas quantias numa velocidade maior, podendo ler até 500 cédulas por minuto. O armazenamento também é outro diferencial. Nesses modelos a capacidade salta para até sete mil cédulas, agregando todas as demais funcionalidades de segurança (guarda e transporte de valores, auxílio na prevenção de perdas e consultas na plataforma web).

 

CataMoeda Prosegur – Desenvolvida para solucionar o problema de falta de moedas em circulação e a falta de troco no comércio, o CataMoeda Prosegur pode ser instalada em qualquer estabelecimento varejista. Com mais de 229 máquinas instaladas em 22 Estados brasileiros, os consumidores podem depositar suas moedas e trocar por cédulas ou vales-compra com bônus para serem usados no estabelecimento.

O Rio Grande do Sul tem oito máquinas, sendo três na capital Porto Alegre. Em todo o Estado, desde que foi disponibilizado o primeiro equipamento, foram realizados mais de 4.300 depósitos, resultando em mais de um milhão de moedas que voltaram a circular no comércio.

Além de aumentar a circulação de moedas, o estabelecimento ainda conta uma solução a mais para a gestão do numerário, já que pode fazer a contagem e separação de moedas no backoffice. O equipamento permite ao dono da loja acompanhar em tempo real os valores depositados, podendo ser ainda integrado ao sistema de gerenciamento da loja. A máquina tem capacidade de contabilizar 90 moedas por minuto, com separador automático em compartimentos de acordo com o valor. “O CataMoeda Prosegur resulta ainda em outras vantagens para o cliente, possibilidade de novas receitas para o estabelecimento, alavancagem de vendas, aumento do fluxo de consumidores e uma melhor experiência de compra. O resultado disso é a fidelização do consumidor que frequenta um comércio que conta com a ferramenta”, destaca Alessandro Abrahão.