Prosegur escolhe a empresa norte-americana Xandar Kardian como a vencedora do Desafio COVIDFREE

A Prosegur escolheu a empresa norte-americana Xandar Kardian como a vencedora do Desafio COVIDFREE lançado há algumas semanas no seu programa de inovação aberta, COME IN. A proposta da multinacional espanhola de segurança privada atraiu, em apenas duas semanas, mais de 80 startups de 22 nacionalidades diferentes. Após selecionar os seis projetos finalistas, a empresa realizou um “Selection Day”, no qual os jurados escolheram uma proposta capaz de controlar a ocupação de espaços internos através da detecção de microvibrações, como as que produzem respiração ou batimentos do coração.

 

Xandar Kardian é uma startup com uma equipe global que opera nos Estados Unidos, Canadá e Coréia do Sul. Fundada em 2017, a startup é pioneira no reconhecimento de padrões de microvibração através do processamento de sinais de radar, o que permitiu à empresa se especializar na detecção de presença e otimização dos níveis de ocupação de edifícios. Sua aplicação, no contexto atual, permite, entre outras funções, conhecer em tempo real o uso dos espaços de trabalho e organizar planos de limpeza e desinfecção com base no uso. A empresa possui uma sólida experiência em pesquisa e desenvolvimento, e acumula mais de 30 patentes e 20 publicações.

 

Para o diretor de Inovação da Prosegur, Daniel García, “as startups reagiram com grande agilidade e entusiasmo a essa iniciativa pioneira de projetar espaços livres de COVID-19. O sucesso da convocação destacou a importância de modelos colaborativos que combinam o potencial de soluções tecnológicas do ecossistema empreendedor, juntamente com a experiência de uma empresa líder no campo da segurança. Sem dúvida, será uma maneira prioritária de enfrentar os principais desafios de segurança que enfrentaremos no futuro próximo”.

 

Entre as demais startups finalistas, estão a empresa indiana Fluid AI, com uma proposta de recepcionista virtual baseada em inteligência artificial e a francesa Copsonic que, através de um sistema inteligente de ultrassom, apresentou uma solução que facilita a detecção de pessoas, o controle de aferição e a identificação sem contato. Também foram selecionados os serviços de e-saúde e a plataforma digital de consultas médicas da espanhola Docline, a solução de gerenciamento de circulação de pessoas e fluxo de lojas da mexicana Getin e a espanhola Quodos, que desenvolveu um sistema de análise de vídeo para detecção precisa de pessoas em espaços fechados.