Escola_Mbya Arandú

A Fundación Prosegur, instituição que canaliza as ações sociais da Prosegur, inaugura mais uma escola por meio de seu Programa de Cooperação para o Desenvolvimento Piecitos Colorados, na Aldeia Araçaí, da comunidade indígena Guarani Mbyá no Paraná.

 

Destinada a 30 alunos do ensino fundamental I e II, a Escola Estadual Indígena Mbya Arandú está localizada em uma área protegida, a 18km do centro do município de Piraquara (PR). O local foi encontrado em 2017 por uma equipe de voluntários da Prosegur em Curitiba. O imóvel em madeira, de aproximadamente 120m², apresentava condições precárias, com sérios problemas estruturais e risco de segurança.

 

Em 2018, o Termo de colaboração para incorporar a escola ao programa foi assinado pelo representante da comunidade indígena, cacique Laercio da Silva e pela Secretaria de Estado da Educação do Governo do Estado do Paraná. Foi construído, então, uma nova escola de 200m² como fase inicial da intervenção do Programa Piecitos Colorados.

 

“Nosso objetivo é estimular ações sociais que correspondem às demandas reais das regiões onde as empresas do Grupo estão presentes. O programa, além da construção e reforma da escola, busca trabalhar em conjunto com a equipe de educadores aspectos como a formação nutricional, novas ferramentas didáticas e pedagógicas e o fomento de práticas esportivas, bem como a sensibilização das famílias” afirma Silvana Meza Salazar, responsável pela Fundación Prosegur no Brasil.

 

Atualmente Piecitos Colorados conta com 47 escolas participantes e mais de cinco mil alunos beneficiados, distribuídos em sete países da América Latina: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai. No Brasil as escolas estão localizadas nas cidades de Teófilo Otoni – com duas unidades – e Pouso Alegre em Minas Gerais, Águas Lindas em Goiás, Belford Roxo no estado do Rio de Janeiro, Olinda em Pernambuco, na região ribeirinha de Manaus no Amazonas e em Santa Maria no Rio Grande do Sul. Essa última recém reformada, será inaugurada oficialmente no dia 16 de agosto.

 

Buscando atuar como agente de mudança, evitando intervenções pontuais, Piecitos Colorados também impulsiona a colaboração entre as famílias, comunidade, educadores e a própria companhia com o objetivo de tornar a escola autossuficiente.